Constipação intestinal

2644

Com as mudanças de hábitos alimentares e a falta de atividade física, uma tendência que se deve abordar é a ocorrência de constipação intestinal, a qual afeta adultos e crianças por todo o mundo. A constipação pode ser determinada por diversos aspectos, a frequência de evacuação inferior a três vezes por semana, ou mesmo a sensação de distensão abdominal, sensação de evacuação incompleta, de obstrução ano-retal, dentre outros sintomas.

Uma vez que o bom funcionamento intestinal é de grande importância para o organismo, estudos têm sido desenvolvidos com o objetivo de conhecer melhor o assunto e desenvolver medidas para sua prevenção.

Conseqüências da Constipação Intestinal

A constipação intestinal, definitivamente, causa um transtorno considerável ao organismo. O resultado desse estresse pode ser percebido de diversas maneiras. O inchaço e dor abdominal são os sinais percebidos em um primeiro momento, com o passar do tempo outros sinais começam a surgir como: mal humor, irritabilidade, cansaço, pele oleosa e gases.  Em longo prazo a constipação intestinal pode contribuir para o aparecimento de doenças mais graves como apendicite, câncer de cólon, obesidade e diabetes.

Alimentação e Constipação

Os alimentos podem ser divididos em dois grupos principais: laxantes e constipantes.

De uma maneira simples para evitar a constipação intestinal deve-se dar preferência ao grupo dos alimentos laxativos e evitar o alimentos constipantes.

 

Constipantes: Amido de milho, batata-inglesa, banana-prata, banana-maçã, cream cracker, cará, caju, cenoura cozida, cevada, chá-preto, creme de arroz, fécula de batata, goiaba, limonada, maçã, maisena, farinha de arroz, arroz branco, pão branco. Preferir o consumo de alimentos cozidos, evitando os alimentos crus e também o consumo de doces e gorduras.

Laxantes: verduras em geral, aveia, abacate, azeitona, ameixa, abóbora, óleos vegetais, abacaxi, cebola, feijões, lentilha, repolho, creme de leite, pepino, tomate, iogurte, quiabo, grão de bico, manteiga, mamão, laranja, castanhas, manga, maçã, pêra, pães integrais, sementes.

 

Para ajudar na constipação além de uma alimentação balanceada devemos:
*Ingerir água nos intervalos das refeições mínimo 2 litros de água por dia (equivalente a 8 – 10 copos)
* Preferir iogurte, coalhada ou leite fermentado.
*Consumir as frutas com casca e bagaço.
*Preferir alimentos integrais: pães, arroz, biscoito e macarrão.
*Mastigar bem os alimentos.

*praticar atividade física regularmente

 

Trace algumas metas e vá em busca dos resultados.

**LEMBRANDO QUE CADA PESSOA TEM UM METABOLISMO DIFERENTE E OBJETIVOS DIFERENTES.
Consulte uma nutricionista para saber exatamente o que ser organismo precisa antes, durante e depois dos exercícios!!!

MARQUE UMA CONSULTA

Giovana Leiner Venci
NUTRICIONISTA DE RESULTADO

www.giovanaleiner.com.br
EMAIL: contato@giovanaleiner.com.br / Telefone: 9907-2930

Has one comment to “Constipação intestinal”

You can leave a reply or Trackback this post.
  1. Eu resolvi meu problema de constipação intestinal de uma forma bastante simples: Tomo todas as manhãs um pouco mais de 600ml de água natural; bem natural mesmo, pois resido em uma Estância balneária e a água tem ainda além de uma série de agentes químicos a vantagem de ser jorrante e nascer de uma profundidade de 130 metros. Deixo o garrafão na cabeceira da cama e tão logo acordo já me hidrato, além e um copo de 200 ml tomado antes de dormir. Santo remédio.

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.